Entre na nova era do atendimento ao cliente com o novo módulo de WhatsApp

5 minutos para ler

O atendimento via WhatsApp já é uma realidade. Três meses depois que foi liberada a API para que pequenas empresas se comunicassem com os clientes via WhatsApp, foi liberada a API para que grandes organizações começassem a atender e gerenciar os atendimentos realizados na plataforma de mensagens. É uma nova era no atendimento ao cliente, saiba mais sobre esse canal de atendimento, neste artigo.


Segundo a DMR, 1,5 bilhão de pessoas usam o WhatsApp no mundo, o que é equivalente a aproximadamente 1/5 da população mundial.

Dados como esses fortalecem a ideia de que a plataforma de mensagens instantâneas vem dominando os meios de comunicação e é cada vez mais utilizada para todos os fins possíveis que a comunicação permite.

Só no Brasil existem 120 milhões de usuários mensais da ferramenta que movimenta cerca de 65 bilhões de mensagens todos os dias no mundo.

Tendo em vista a grande movimentação e a facilidade de uso, muitas empresas já tentavam conter a demanda de atendimento via WhatsApp, antes mesmo da liberação do WhatsApp API.

Entretanto, não era possível ser muito assertivo, tendo em vista que as empresas só conseguiam conter a demanda utilizando diversos números diferentes. Atendendo de forma desconexa aos outros canais de atendimento.

Como o mercado via o WhatsApp para o atendimento ao cliente

Segundo um estudo da NeoAssist sobre como as empresas enxergam o atendimento ao cliente, realizado algumas semanas antes da liberação da API para grandes organizações, as empresas já alegavam que o atendimento online tinha superado o telefônico como principal canal para o inicio das interações de atendimento.

Tendo como seus motores principais o E-mail, o WhatsApp e o Chat.

Nessa altura, o WhatsApp já era considerado o terceiro canal mais utilizado para as empresas atenderem os seus clientes.

Entretanto, mesmo com o WhatsApp sendo o terceiro canal mais utilizado para o atendimento ao cliente, ele não era efetivo. Consequentemente, isso forçava o consumidor a mudar de canal para resolver os problemas. O que fazia ele migrar, em sua grande maioria, para o telefone.

Até mesmo para resolução de dúvidas simples, o telefone é o canal mais utilizado pelas empresas. Seguido por canais de autoatendimento e, finalmente, pelo WhatsApp comercial.

A gestão desconexa não permitia que o canal atingisse a maturidade da utilização para o atendimento ao cliente, mas o jogo virou.

O que mudou com a liberação da API do WhatsApp?

Para pequenas empresas, a liberação da API permite que o atendimento via WhatsApp seja mais gerenciável, por conta do maior controle do canal. No entanto o WhatsApp já era um grande motor das interações e a baixa demanda não exige muito das operações. Levando em consideração que essas pequenas empresas possuem poucas posições de atendimento e demandas controladas.

Todavia, as coisas se intensificam quando falamos sobre organizações grandes.

A impossibilidade de possuir diversos atendentes usando o canal para atender o consumidor, exigia que as empresas possuíssem diversos números para atender o consumidor. Caso contrário, as filas de atendimento seriam gigantescas, tornando a gestão mais descentralizada ainda.

No entanto, com a liberação da API as coisas mudam.

A maior diferença está na conexão do canal com os demais sistemas das empresas. Agora o canal pode ser implantado em um servidor, fornecendo uma API local que permite que as empresas enviem e recebam mensagens programaticamente. Isso, integrando esse fluxo de trabalho aos sistemas já existentes na empresa, como, por exemplo:

  • Plataformas de atendimento ao cliente;
  • CRMs;
  • ERPs;
  • E vários outros.

Em outras palavras, a demanda que chega pelo WhatsApp pode ser direcionada para vários atendentes através do mesmo número.

Para saber mais sobre o WhatsApp API e qual sua diferença entre o WhatsApp Business, confira o video abaixo:

O que o atendimento via WhatsApp permite que as empresas façam

Agora, o atendimento via WhatsApp possibilita que as empresas envie aos cliente informações que eles esperam, responda às perguntas feitas no canal e forneça suporte imediato para os clientes de forma dinâmica.

O primeiro passo para as empresas se comunicarem com os seus cliente pelo canal é criar um perfil comercial. Esse perfil conterá as informações mais úteis para seus clientes, como o endereço, a descrição da empresa, o e-mail e o site.

Agora os clientes podem identificar facilmente os negócios por categoria ou setor e descobrir as informações que ele precisa. É possível também, por exemplo:

  • Enviar e receber mensagens;
  • Ativar conversas bidirecionais com os clientes;
  • Criar modelos de mensagem;
  • Criar formatos de mensagem para a notificação dos usuários;
  • E muito mais!

Entre na nova era do atendimento ao cliente com a NeoAssist

A NeoAssist anunciou a integração com o WhatsApp, o que não só permite que o cliente interaja com as empresas pelo canal como também integre esse canal a todos os outros que já existem.

Portanto, isso permite que o canal seja visto dentro do contexto da operação inteira. Dessa forma, facilitando o gerenciamento do canal e a operação como um todo.

Quer conhecer mais sobre a nossa plataforma e como o WhatsApp pode ajudar o atendimento da sua empresa? Então clique aqui e saiba mais!


Acesse nossos materiais educativos

Posts relacionados

Deixe um comentário